A URI é uma instituição que há 29 anos vem formando profissionais com excelência, potencializando talentos e desenvolvendo competências. O câmpus de Frederico Westphalen conta com 22 cursos de graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado, além da Escola Básica de Ensino Médio. A universidade preza pela qualidade de ensino, pesquisa e extensão e é uma referência na região.

Por ser uma instituição de credibilidade e com histórico de formação de bons profissionais, os alunos da URI contam com altos índices de empregabilidade. O comprometimento com a comunidade e a proximidade da universidade com o mercado de trabalho. fez com que os alunos, tanto egressos quanto os que ainda cursam suas graduações, encontrem bons lugares em seus ofícios.

Segundo uma pesquisa realizada com os coordenadores das graduações da URI/FW, a maioria dos alunos da instituição está empregada atualmente.

Ciências da Saúde

Cursos como Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia, possuem altas taxas de empregabilidade, principalmente com o crescimento da necessidade de profissionais da área devido à pandemia, segundo a coordenadora do curso de Enfermagem, Marinês Aires.

Todos as graduações da área se encontram nesta situação. A coordenadora de Fisioterapia, Karim Kaiomi De Oliveira Bordignon, diz que a maioria dos egressos, inclusive, trabalha em dois lugares diferentes.

Ciências Sociais Aplicadas

A área de Ciências Sociais Aplicadas, que envolve os cursos como Administração e Ciências Contábeis, 97% dos universitários estão inseridos no mercado de trabalho. Só não se encontram trabalhando os que escolheram se dedicar apenas aos estudos.

Os alunos do curso de Direito que procuram vagas de emprego também encontram ofertas facilmente no mercado de trabalho, pois é uma área com muitas oportunidades e diferentes ramos de atuação. O coordenador, César Riboli, comenta que os estudantes também costumam se dedicar a concursos públicos. “A maior parte dos alunos está com o futuro bem encaminhado com o final das aulas, outra parte continua os estudos para buscar bons cargos públicos”, ressalta.

Ciências Humanas

O caso da área de Psicologia é semelhante. Os acadêmicos que procuram trabalhar, encontram vagas, devido às diferentes possibilidades que o curso propõe. Segundo a coordenadora, Eliane Cadoná, Psicologia está em ascensão e ainda há áreas pouco exploradas.

Ciências Agrárias

Os cursos das Ciências Agrárias, Agronomia e Tecnologia em Agropecuária, têm sucesso na empregabilidade de seus estudantes pela alta procura por profissionais da área na região. O coordenador de ambas as graduações, Gelson Pelegrini, comenta que seus alunos encontram serviços, tanto em empresas quanto em negócios familiares, na tão importante sucessão familiar.

Engenharias e Ciências da Computação

Os cursos desta área têm grande número de egressos empregados. Além disso, as graduações de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo têm a maioria de seus acadêmicos, mesmo os ainda em formação, já no mercado profissional. Segundo as coordenações, os estudantes recebem propostas de trabalho constantemente.

O mesmo acontece com os cursos de Ciência da Computação e Engenharia Elétrica. Há mais vagas disponíveis do que alunos. O coordenador de Elétrica, Maicon Luís Flach, destaca que a cada 10 vagas para engenheiro elétrico, apenas sete são preenchidas.

A grande procura pelos alunos e egressos da URI também acontece pela boa qualificação de seus mestres e a tradição que muitos de seus cursos carregam, pelas décadas de atuação.